Dicas de Inverno Ayurveda

O frio apertou! O inverno vem chegando e sabemos que as mudanças de estações afetam nosso corpo e mente. São momentos em que ficamos mais suscetíveis e o ideal é colocar maior atenção nos ajustes necessários na rotina conforme nossas demandas fisiológicas, emocionais, mentais, espirituais. Aos poucos vamos desenvolvendo uma percepção que nos permite conciliar nossos ciclos internos com os ciclos da natureza.
 

O clima interfere na saúde e vida de todos os seres vivos e, por conta disso, a sabedoria do Ayurveda ensina a construirmos regimes sazonais considerando a alimentação, estilo de vida e ervas medicinais, visando equilibrar as interferências externas que afetam cada indivíduo de uma forma específica. 
 

Na Índia, são consideradas seis estações divididas em duas partes, baseando-se no movimento do sol: norte e sul. Assim como aqui no Brasil, no período entre o final do inverno e começo do verão - norte - o calor e a secura aumentam fazendo com que fiquemos mais fracos, desidratados e sem energia. Aqui temos maior influência do sol.
 

Já no período entre o outono e início do inverno - sul - os atributos frio e úmido aumentam na natureza e recebemos nutrição, energia, força, imunidade. De toda forma, alguns ajustes na rotina são necessários para manter o bem-estar e boa saúde. Aqui temos maior influência da lua.
 

Pensando no impacto do inverno nos doshas - humores biológicos ou forças que governam o funcionamento do nosso corpo - Vata predomina no início da estação e sofre mais impactos com o frio, após um período de agravamento causado pela secura, ventos e frio do Outono. Kapha predomina na parte final do inverno, onde a umidade, frio e inércia ressaltam.
 

Compartilhamos 10 sugestões para o autocuidado no inverno. 
 

Sugerimos sempre que procurem um terapeuta Ayurveda para receber orientações mais precisas para a construção da sua rotina, porque um dos pontos diferenciais dessa medicina natural é sua visão holística do ser humano, considerando suas peculiaridades.

 

  1. Evitar jejum 
 

Como não colocamos muito o calor para fora nessa estação, nosso fogo digestivo tende a aumentar (e nosso apetite e necessidade de comer também); precisamos saciar essa fome adequadamente para que nossos tecidos não sejam consumidos.

  2. Evitar alimentos e bebidas frios ou gelados, priorizar mornos e quentes
 

Alimentos e bebidas frios/gelados não propiciam uma boa digestão. Além disso, nessa época do ano Vata e Kapha aumentam por conta do frio e seguindo o conceito do Ayurveda de que o igual aumenta igual e oposto equilibra, consumimos alimentos e bebidas para equilibrar o frio e manter a boa digestão. Pode-se utilizar mais especiarias com a potência quente, como gengibre, canela e cúrcuma.

  3. Evitar alimentos crus 
 

Da mesma forma, os alimentos crus são de difícil digestão podendo ser consumidos em maior quantidade no verão por determinadas pessoas.

 

  4. Fazer automassagem com óleos quentinhos
 

Além de trazer afeto, autocuidado e nos aproximar no contato com nosso corpo, a oleação propicia diversos benefícios fisiológicos como nutrição dos tecidos, estímulo de órgãos e circulação, calmante do sistema nervoso, corpo e mente, entre outros.

 

  5. Receber a massagem abhyanga de um terapeuta
 

É importante nos darmos afeto, mas também é muito importante nos permitir receber. O toque terapêutico faz isso, leva afeto para nossas células, equilibra nossa energia e o funcionamento do corpo, trabalha nossas emoções, mente, alma, corpo. Nos coloca mais próximos das nossas potências. Essa é uma das principais ferramentas do Ayurveda e uma das experiências mais prazerosas.

 

  6. Aquecer os pés com meias, calçados, e um escalda pés com óleo essencial de lavanda cai muito bem
 

Tanto Vata quanto Kapha tem tendência a ter as extremidades frias, e é importante aquecermos os pés para cuidar do calor corporal.

 

  7. Dormir mais cedo e um pouco mais
 

No inverno os dias são mais curtos e as noites mais longas; é tempo de repousar e se nutrir para passar pelas próximas estações que secarão e desidratarão nosso corpo.

 

  8. Procurar manter a mente positiva utilizando a meditação e a respiração 
 

Por conta do frio, dias mais curtos e essa energia mais pesada do inverno, nos voltamos para dentro, fazemos menos atividades exteriores e isso pode alimentar um estado depressivo às vezes. É importante se observar e não deixar de utilizar a meditação e exercícios de controle da respiração para manter-se presente e conectado com o coração.

 

  9. Priorizar consumir os sabores ácido, salgado e doce, sem excessos
 

Nos ciclos norte e sul, determinados sabores têm seus efeitos e características ressaltados, influenciando nossa fisiologia e emoções. Os sabores ácidos, salgado e doce são nutritivos, em harmonia com o movimento que o inverno nos convida a fazer. Importante ressaltar um cuidado aqui, porque nem tudo é indicado e bom para todos. Uma pessoa com predominância de Kapha, por exemplo, deve evitar esses sabores e consumi-los com moderação e orientações.

 

  10. Se aqueça, por inteiro! 
 

Parece óbvio, mas podemos lembrar de aquecer não somente o corpo, mas as atividades, as emoções, as interações. É uma época inclusive favorável para relação sexual. 

 

Que seu inverno seja quente, gostoso, cheio de nutrição, autoconhecimento, autocuidado, saúde e muito amor.

Para agendar sua consulta, entre em contato conosco nos nossos canais. 

 

Namastê

Yoga Moema

        YOGA MOEMA

         SÃO PAULO

  • Facebook - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

INYOGA  

Avenida Pavão n 690 

Moema - São Paulo

CNPJ 26183013/0001-37 

        TELEFONE

(+5511) 97481 9811

(+5511)  4561 4843